Igualdade de sexos…

by JooGoo (e encontrado em Trago de Mim)

Sapatos… ponto de toque sempre que se pretende zombar o sexo feminino, só comparável com o tampo da sanita para o sexo masculino. Mas, sexismos à parte (e não de parte, pois é um tema a que seguramente chegaremos) permita-me a dissertação:

Suponha que está na rua, esperando um transporte público e que, atrás de si, se encontra um grupo de rapazes.
Pelo passeio surge uma jovem esbelta, loira, olhos azuis…, estilo “spice girl”, equipada a rigor com um daqueles cintos largos que marcaram essa fase da moda juvenil. Toda a gente que está na fila olha mas, claro, um dos jovens não se contem e solta um – “És tão linda que só me apetece chorar….. é que era até fazer patanisca!”. Acto contínuo, a jovem volta-se, aplica um valente estalo na cara do rapaz e segue o seu caminho….
Resultado: o rapaz fica agarrado à face enquanto os seus colegas soltam risadinhas por entre os dentes. Ninguém se mexe e, provavelmente, todos pensam que foi bem dado. “Afinal ele fez por merecer e talvez assim aprenda a (para a próxima) ficar calado”, seria, certamente, o comentário dos presentes.

Virando isto do avesso:

Suponha que está na rua, esperando um transporte público e que, atrás de si, se encontra um grupo de raparigas.
Pelo passeio surge um jovem esbelto, loiro, olhos azuis…, estilo “David Beckham”, com aquele penteado à samurai século XXI que caracterizou o craque antes de ser patrocinado pela gillette. Toda a gente que está na fila olha mas, claro, uma das jovens não se contem e solta um – “Que fico pãozinho…. barrava-te com manteiga e comia-te bem quentinho!” Acto contínuo, o jovem volta-se, aplica um valente estalo na cara do rapariga e segue o seu caminho….
Resultado: a rapariga, de lágrima no olho, fica agarrada à face enquanto as suas colegas insultam violentamente o rapaz. Toda a gente se mexe, uns rodeando a miúda para ver se ela está bem, outros procurando deter o rapaz e chamar a atenção de algum agente da autoridade. “Bruto…, parvalhão…, onde já se viu…bater assim na rapariga sem motivo nenhum!”, seria, certamente, o comentário dos presentes.

Onde está, aqui, a igualdade entre sexo? Não está.
Porquê? Por causa da forma como fomos educados
!

Biologicamente os sexos são diferentes, disso não há duvida.
Presume-se contudo que essas diferenças biológicas acarretem predisposições para certos comportamentos, actividades e pontos de vista.
A educação, partindo de um tronco comum, potência essas supostas predisposições para que o individuo possa tirar o máximo de vantagens das suas capacidades.

O problema surge da aplicação destes conceitos gerais e abstractos a indivíduos concretos, cujas aptidões e predisposições podem não corresponder ao que geralmente se atribui ao seu sexo.
Não obstante, em situações como a anterior (e outras), mesmo o maior defensor da igualdade entre sexo, está à espera de um comportamento diferenciado que só pode ser fruto de uma educação diferenciada.

Assim, defendo uma solução híbrida, onde um tronco comum de dogmas globalmente aceites dá lugar a orientações diferenciadas, á medida que as ditas predisposições se vão manifestando (ou não).

Anúncios

2 Respostas to “Igualdade de sexos…”

  1. M&S Says:

    :mrgreen: Foste-me buscar o Joogoo ao blog??? Ggrrr… Vou-te levar a Cicarelli… 😛

  2. jeremix Says:

    bom post 🙂

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: